Rio de Janeiro será recriada no metaverso a partir de 26 de Julho

Rio de Janeiro

A plataforma de blockchain Upland anunciou que a cidade do Rio de Janeiro estará presente no metaverso a partir do próximo dia 26 de julho.

A ideia é que usuários consigam obter terrenos virtuais, possam construir imóveis e participem os eventos que acontecerão por lá.

Além disso, a empresa anunciou uma parceria com a Estação Primeira da Mangueira, possibilitando o lançamento da primeira quadra de samba dentro do metaverso.

“O lema do Upland é ‘reconstruir o mundo’, e sua proposta de valor central é muito pautada na Web3: empoderar o empreendedorismo no metaverso”, disse o co-CEO da Upland, Dirk Lueth.

O termo ‘Web3’ se refere a uma nova fase da internet, fomentada por redes descentralizadas, que incluem a tecnologia blockchain e ativos digitais.

“A visão é criar milhares, ou milhões de microempreendedores que poderão obter parte de sua receita proveniente do Upland, além de abrigar marcas e negócios tradicionais que passarão a ter novas formas de inovar dentro dessa intersecção entre o real e o digital”, continuou o executivo.

Com a primeira escola de samba brasileira presente no mundo virtual, os foliões conseguirão se aventurar nesse novo mundo e poderão colecionar NFTs baseados na história da Mangueira.

Também será a possibilidade para os usuários aprenderem o próximo samba enredo e negociar ativos digitais com outras pessoas.

“Quanto mais pessoas tiverem acesso a beleza da Mangueira, melhor. Essa parceria com o Upland permitirá o acesso a um grande púbico internacional, que poderá visitar nossa escola e torcer pela Mangueira no próximo carnaval”, afirmou o vice-presidente da Estação Primeira da Mangueira, Moacyr Barreto. Para ele, o empreendimento tem como objetivo expandir o legado da escola e da cultura da comunidade.

A plataforma alegou que todos os bairros do Rio serão reproduzidos virtualmente, sendo que 38 deles já estarão presentes na estreia do dia 26 de julho, enquanto os remanescentes serão colocados no próximo 1° de setembro.