NFTs e WEB 3 movimentam mercado, de Brasília à Amazônia

NFTs no brasil

Diversas ações envolvendo NFTs estão movimentando o mercado nacional, da Amazônia à Brasília e também em São Paulo

Mesmo com o preço das criptomoedas lutando para reverter sua tendência de baixa, os tokens não fungíveis (NFTs) continuam movimentando diversas realizações, projetos e eventos no Brasil. Da Amazônia à São Paulo e também passando Brasília, os NFTs estão movimentando ações em todo o país.

Uma destas ações é a Amazon League Club, projeto que promete preservar parte da Amazônia usando NFTs que correspondem a locais reais de preservação dentro dos 6 biomas brasileiros. O projeto é uma criação dos empreendedores Bruno Souza, Mano Mendes, Kaleb Melo e Clynson Silva de Oliveira.

Analista que acertou alta de 35% do token VEGA indica 4 criptomoedas que podem subir 20% na semana
A coleção de tokens consiste em cards de NFTs que são convertidos em áreas de preservação de terras privadas, e nesta primeira série pertencem aos biomas da mata atlântica e da floresta amazônica brasileira. Para cada NFT vendido, uma área privada de 10m² é preservada em regiões como a Amazônia e na praia de Pipa, localizada no Rio Grande do Norte.

Junto com eles está Hulk, famoso jogador do Atlético Mineiro. O craque brasileiro encabeça uma “liga de heróis” e estréia a primeira coleção da Amazon League Club.

“O povo brasileiro já sabe da importância da preservação.Dentro da minha experiência de vida eu lutei muito juntamente com outros companheiros e eu sei que essas pessoas vão, finalmente, ser reconhecidas em sua luta com a ajuda desse grande herói, o Hulk”

A primeira coleção, chamada Collection Hulk e Collection Hulk Exclusive, conta com 3077 peças que já estão à venda no OpenSea.

Inicialmente, a Collection Hulk preserva 1.000.000m² de terra, além de entregar privilégios exclusivos como airdrops, sorteios de viagens e acesso à comunidade, e ao herói da coleção, além de conter imagens feitas pelo, mundialmente renomado fotógrafo paraibano, Toddy Holland.

NFTs em Brasília

Já a edição 2022 do Painel Telebrasil – maior evento de telecomunicações, conectividade e inovação do país – acontecerá em Brasília-DF nos dias 28 e 29 de junho. O evento, que voltará ao formato presencial após dois anos, contará com as presenças do Ministro da Economia, Paulo Guedes, e do Ministro das Comunicações, Fábio Faria.

Confira 5 criptomoedas que subiram mais de 378% e superaram o Bitcoin e Ethereum
Com mais de 60 edições realizadas, o painel tem como objetivo debater sobre os caminhos e ferramentas que podem ser utilizadas pelos setores público e privado na transformação digital. Durante os dois dias, palestrantes destes setores apresentarão opiniões sobre o futuro da indústria brasileira de telecomunicações e como ela pode contribuir para o desenvolvimento econômico e social do país.

Um dos principais temas da edição 2022 do Painel Telebrasil é a chegada da tecnologia 5G ao país, movimento que pretende injetar aproximadamente R$ 33,5 bilhões somente neste ano e, segundo estimativas, investir mais de R$ 88 bilhões no país até 2035. Outro tema de destaque será a conectividade da chamada Web 3.0 e os desafios impostos por ela.

Para Sylmara Multini, CEO da IDG NFT, o painel é uma grande oportunidade de apresentar todas as possibilidades que estas novas formas de conexão podem oferecer:

“O Painel Telebrasil Summit 2022 é um dos grandes eventos acontecendo este ano sobre telecomunicações, web3.0 e todas as tecnologias que estão vindo para os próximos anos. Para nós da IDG, é realmente um prazer e uma honra estarmos presentes, com nossa experiência sobre esse mercado de produtos digitais e colecionáveis. Acredito que tenhamos muito a agregar, falaremos sobre o assunto no âmbito dos negócios, na parte dos colecionadores, mas vamos ressaltar também essa tecnologia disruptiva”.

O Painel Telebrasil Summit 2022 acontece entre terça e quarta-feira no Royal Tulip Alvorada, em Brasília.

NFTs em São Paulo

Já em São Paulo, no último sábado, aconteceu a primeira edição do evento Startups Fever, no Shopping JK Iguatemi, em São Paulo, que reuniu investidores e empreendedores do ecossistema de startups brasileiro.

Rudá Pellini, fundador e presidente da Arthur Mining, mineradora de Bitcoin com sede nos Estados Unidos, participou do painel “Chegou a hora do blockchain”, ao lado do Gabriel Gil, analista do Valor Capital, e do Eduardo Vasconcellos, editor da plataforma Bits, Stocks e Blocks.

Ao longo do painel, foram discutidas questões sobre as diversas possibilidades de aplicações do blockchain, como NFTs, tokens, segurança, entre outros.

“A descentralização promovida pela tecnologia blockchain é muito mais sobre criar comunidades para projetos acontecerem. Mesmo quando o mercado está em baixa, o interesse das pessoas em cripto continua alto”, pontuou Pellini.

Ainda em São Paulo, Marcelo Magalhães, CEO da Ribus, realizará uma palestra sobre tokenização imobiliária, que pode ocorrer por meio de NFTs, entre outros tipos de tokensno Constru & PropTech Day, o maior evento de inovação para construção e mercado imobiliário da América Latina — que acontece 28 de junho, no Expo Center Norte SP, em São Paulo.

“Os tokens atendem a muitas funcionalidades, e diferentes setores já perceberam essa característica. No caso do mercado imobiliário, eles representam uma ótima oportunidade para desburocratizar o setor e, claro, trazer mais agilidade e segurança nos negócios.” afirma o executivo.

Criptomoeda desconhecida sobe mais de 272%, enquanto Bitcoin sofre com avalanche de problemas
O evento abordará questões práticas sobre o que há de mais poderoso e relevante no setor e as ferramentas e soluções para aquecer o mercado. É presencial e voltado profissionais de construtoras, incorporadoras, empresas do setor, arquitetos, engenheiros, executivos da área e investidores do setor.